A cultura organizacional tem o intuito de guiar o comportamento dos membros dentro de uma empresa, uma vez que uma cultura forte é importante para motivar aqueles que fazem parte do empreendimento, diminuindo a rotatividade de pessoal. Ou seja, ela é crucial para definir como os funcionários irão enxergar e agir dentro da empresa.
É importante frisar que não existe uma cultura certa ou errada, o que existe é a cultura ideal para o seu negócio, isto é: uma cultura que irá alavancar os resultados da sua empresa. Essa cultura será baseada nos valores e políticas internas adotados no início da empresa.
Outro fator é o engajamento empresarial, que consiste em alinhar os funcionários da empresa em uma visão e ideias que a organização acredita. Esse engajamento supracitado é de suma importância, visto que criar uma cultura organizacional demanda esforço e tempo, ou seja, ter funcionários desalinhados resultará em resultados abaixo do esperado e uma possível perda de credibilidade perante o mercado.
Investir em pessoas é imprescindível em qualquer negócio. Tendo em vista essa perspectiva, ter uma gestão do desempenho organizacional para entender as demandas de melhoria do capital de pessoas, feito por um profissional da área de Recursos Humanos, é um diferencial que empresas de sucesso adotam constantemente.
Logo, existe uma linha de raciocínio para que seja possível entender de fato a importância de uma cultura organizacional forte. Apenas com uma cultura bem definida é possível fazer a gestão do desempenho empresarial, que resultará no desenvolvimento pessoal, menor rotatividade de pessoas e posteriormente, em um engajamento empresarial que vai alavancar os resultados da empresa.