Tendo em vista a conjuntura econômica brasileira, todo negócio necessita estar atualizado com as tendências do mercado, e com isso, novas ideias para renová-lo surgem constantemente. A princípio, qualquer alteração com boas intenções teria um retorno satisfatório, porém, o que garante que é um investimento seguro e o seu dinheiro não está sendo desperdiçado?
Quando é necessário decidir entre dois ou mais projetos, por exemplo, e se tem dinheiro para investir em apenas um, não é viável arriscar em um palpite sem antes possuir uma base de análise precisa – seria como atirar de olhos vendados quando simplesmente podemos tirar as vendas e mirar com precisão. As chances de dar errado são superiores as chances de ocorrer como o esperado.
Outro ponto a ser avaliado é a questão do tempo e do dinheiro. Supõe-se que possuo o capital suficiente para expandir o meu empreendimento, decido abrir outra unidade deste meu negócio em outra região. Visto que um terço das empresas fecham em dois anos, preciso garantir que estou realizando um investimento seguro e não somente arriscando sem o estudo da viabilidade do meu projeto.
O mercado exige flexibilidade para se adaptar, e um dos riscos de colocar em prática uma ideia sem embasamento é não obter a aceitação do público; não ser vista como algo de valor e sim algo momentâneo, ou não ser um negócio escalável. Há inúmeros fatores que necessitam mais detalhamento para colocar em prática. Confiar na sorte para colher bons frutos posteriormente é extremamente perigoso, por isso, bons empreendedores fazem somente riscos calculados: se todo investimento não tivesse risco todos o fariam, e é exatamente neste ponto que quem calcula se destaca. Se limitarmos o risco inicial da nossa ideia, a chance de prosperar aumenta exponencialmente.
Desde adicionar um item ao meu empreendimento até abrir novas unidades do meu negócio podem acarretar em bons frutos ou em colocar em risco a vida do próprio estabelecimento. Para as pessoas comprarem a sua ideia é preciso entendê-las, caso contrário seria como apostar todas as minhas fichas em uma única jogada – mesmo tendo a chance do retorno ser fantástico, confiar na sorte nunca é a melhor solução.
Levando em consideração todos os pontos citados anteriormente, pode-se concluir que é fundamental avaliar todos os pontos externos e internos antes de colocar em prática alguma ideia para garantir que realmente seja um investimento seguro para o seu negócio. A melhor maneira de minimizar os riscos de um projeto é realizando um estudo de viabilidade, por meio de projeções e análises minuciosas.