O Controle de Estoque é um processo conhecido no mundo dos gestores. Entretanto, a implementação dessa gestão é procrastinada ou até mesmo ignorada, por não saberem de fato o quão importante é a realização desse controle ou até mesmo por não saberem como implementa-lo.

Já abordamos no texto anterior o que a falta de uma gestão de estoque pode provocar na sua empresa. Mas, o que é controle de estoque? Como colocá-lo em prática de forma eficiente?


- O QUE É CONTROLE DE ESTOQUE? -

Controle de Estoque nada mais é do que se ter o domínio, conhecimento do fluxo de entrada e saída de materiais e mercadorias da sua empresa, ou seja, o processo de gestão do estoque está presente no início e no final de toda operação realizada pela companhia.

Ter o conhecimento daquilo que entra e sai da sua empresa evita o desperdício, torna o atendimento mais eficiente, uma vez que não haverá falta de produtos, com a produção em dia entregas serão feitas no tempo previsto e uma melhor precificação dos produtos consiste em uma maior fluidez do dinheiro da empresa, visto que estoque parado é dinheiro parado.

Desta forma, a gestão efetiva do estoque traz para a empresa inúmeras vantagens:

Otimização de processos
Previsão de demanda
Estoque de segurança
Direcionamento de Investimento
Precificação mais efetiva
Conhecimento da Curva ABC

Dito isso, é fato, que ter uma gestão eficiente dos suprimentos e mercadorias é extremamente importante, sobretudo, para pequenas e médias empresas.

- COMO REALIZAR UM CONTROLE DE ESTOQUE EFICIENTE? –

Para implementar o processo de gestão do estoque é preciso adotar os seguintes passos:

Estudar barreiras de atuação
Muitos acreditam que para se ter um estoque precisa-se apenas de um espaço, contudo, diferentes materiais possuem diferentes sazonalidades e maneiras de se estocar.

Sendo assim, entender o tipo de material, produto com que se trabalha é essencial, uma vez que a estocagem feita de forma indevida pode acarretar perdas dos mesmos.

-Levantamento de dados e categorização dos itens-

Nessa etapa, é feita a contagem do inventário atual, assim, os itens são classificados quantificados e etiquetados com códigos de barra ou QR Codes. A etapa é importante para atualizar o estoque e gerar os insumos necessários para a construção de análises, indicadores e planos de ação.

-Automatização do controle de estoque-

Tempo é sinônimo de custo, para isso, a tecnologia tem o papel de facilitar a gestão e atualização do inventário.

Online: Atualização e sincronização do estoque em tempo real em todos os dispositivos conectados.
Conhecimento sobre o estoque: Maior conhecimento sobre a demanda dos produtos, a cobertura do estoque e a disponibilidade das matérias-primas.

- Controle de processos-

Os itens que estão no estoque devem ter a mesma entrada e saída do estoque contábil, para isso, os processos de controle do estoque devem também estar alinhados aos processos de controle de gastos e de receitas do empreendimento.

-Treinamento dos membros envolvidos-

Para que o processo flua de maneira correta, minimizando ao máximo erros e gargalos, a equipe precisa ser qualificada. Diante disso, o desenvolvimento de POP’s (Procedimentos Operacionais Padrão) é de extrema importância, além da figura de um líder que monitore todo o processo.