Atualmente, no Brasil, o mercado de empreendedorismo se encontra em desenvolvimento e crescimento, todavia, aliado à esse crescimento, encontramos várias dificuldades geradas pela densidade desse mercado. Empreendedores já não conseguem levar o seu negócio ao sucesso apenas com entusiasmo, dedicação e vontade. Esses esforços não vão garantir a sobrevivência e os resultados esperados, se não estiverem ligados à uma estratégia empresarial coerente e eficiente.

É extremamente importante compreender o impacto que uma estratégia adequada tem no desempenho de uma empresa. Sem um direcionamento estratégico, um passo errado pode acarretar em grandes prejuízos. Grande parte dos empreendedores brasileiros estão satisfeitos com o desempenho de seus negócios apenas por serem lucrativos, porém não tem uma consciência real do potencial de crescimento da sua empresa por falta de controle e análise dos resultados.

“O que não se controla, não se gerencia!”

Essa é uma frase comum no meio empresarial, mas o que exatamente ela quer dizer?

Para que uma gestão bem feita seja executada, precisamos partir do ponto de conhecimento do desempenho, para que haja uma boa análise de resultados e, então, chegarmos à conclusão de quais ações serão tomadas e o porquê.

Mas como obter o conhecimento sobre o desempenho da minha empresa?

Simples! Vamos analisar os indicadores da empresa! Se você não possui indicadores no seu negócio, não se assuste, isso é muito comum no mercado brasileiro. Da mesma maneira que é comum nos depararmos com empresas que possuem vários indicadores (em excesso, inclusive), mas que não conseguem ter um controle adequado ou mensurar de maneira eficiente os seus resultados.

Em diversos casos, vemos que os colaboradores não possuem uma visão sistêmica da empresa, logo, é possível encontrar situações em que o setor comercial está excedendo as expectativas, mas em contrapartida a empresa está no vermelho. Isso acontece devido à falta de conhecimento em relação ao impacto que cada setor ou cargo tem nos resultados, e como cada um dos setores se relacionam. Esse fator é um grande diferencial quando pensamos em sucesso, pois a empresa toda deve ser um conjunto, como se cada setor fosse um órgão vital de um organismo (empresa). O pensamento ideal dos colaboradores deve ser:

“O meu trabalho é meu, mas o meu resultado é nosso!”

Levando em consideração os pontos apresentados, podemos concluir que a estratégia empresarial é um dos fatores, senão o mais, importantes e cruciais que levam ao sucesso. A partir dessa conclusão, como se constrói uma estratégia eficiente, como podemos analisar os resultados? Não existe uma fórmula exata para o sucesso. Entretanto, existem algumas alternativas para responder a esses questionamentos, uma delas é o Planejamento Estratégico.